Colorindo a casa através da marcenaria

Essa coisa de projeto estático não é comigo não, para mim a decoração é pura experiência. 😎

Durante a obra a relação do projeto com o espaço é bem diferente da relação com o papel ou com a tela do computador, e sempre que possível e o cliente ” abraça a causa” eu deixo a escolha das cores para o final. 😊

Tudo influencia essa escolha, da insolação a paisagem ao entorno, e claro a ambiência do espaço com a emoção de quem vai morar nele.
Neste artigo eu trago um apartamento aqui de São Paulo, nos Jardins, onde usei as cores na marcenaria. Trabalhei a base da arquitetura em tons arenosos e terrosos, sobre o mármore bronze Armani que reveste o piso. Mas no meio do caminho, surgiu em nossas vidas a Maria, a neta, que chegava para habitar a vida e a nova morada dos avós. 🎁

Esse foi o combustível para salpicar cores aqui e ali.

Colorindo a casa!

Então eu e minha equipe criamos este painel que começa na porta principal e vai contornando o living em direção a área intima como se fosse uma dobradura de papel, ficou como biombo inspirado nesses “origames” japoneses. 🎏 Para quebrar a monotonia das linhas horizontais, distribui no painel triângulos em ângulos e tamanhos variados que foram pintados em laca laranja bem quente, quase um abóbora contrastado à um azul frio e desbotado.

 

Quer saber mais sobre este projeto?

Confira em nosso link:

Jardins 1

 

Follow
...

This is a unique website which will require a more modern browser to work!

Please upgrade today!